Este é um espaço para partilha de dons. Estou colocando aqui algumas produções além dos textos e sites que me inspiram. Espero que lhe sejam úteis.

sábado, 3 de novembro de 2012

ADORAÇÃO EUCARISTICA


TEMA: A CARIDADE DE CRISTO NOS IMPELE A SERMOS SANTAS

Motivação:.
Canto de exposição do santíssimo:

Adoração:
Pedido de perdão:

Canto:

Dirigente: Para Madre Clélia, a santidade e a perfeição “consistem em uma obra íntima e escondida” realizada no interior da alma e na profundidade da consciência, na qual só Deus conhece realmente os esforços feitos e que se conquista com humildade e a docilidade à vontade de Deus.

Voz 1:  O processo de santidade nos aproxima de Deus porque nos torna íntimos do Seu Coração na medida em que vamos nos familiarizando com o que está guardada no profundo de Sua mente.

Voz 2:  A pessoa santa é aquela guiada pelo Espírito  segundo a Palavra de Deus revelada e encarnada por Jesus. O homem natural faz todas as coisas segundo seus propósitos e conveniências pessoais. O Homem santo é amigo de Deus e sabe o que faz porque conhece qual o desígnio de Deus para ele. “Vós  sois meus amigos, se fizerdes o que vos mando.

Voz 3:  Santidade é uma obra progressiva da parte de Deus e do homem que nos torna cada vez mais livres do pecado e semelhantes a Cristo em nossa vida presente. Como diz João Paulo II “A santidade é a essência mais íntima e escondida de Deus, os Santos, em  todas as épocas da história fizeram resplandecer no mundo um reflexo da Luz de Deus; são testemunhas visíveis da santidade misteriosa da Igreja. Para conhecer em profundidade a Igreja é para eles que deveis olhar.

Canto:

Momento de louvor:

Canto ao Espírito Santo:

Evangelho: Mt 5, 1-12

Interiorização da palavra

Canto:

Voz 3:  Em vez de optarmos pela perfeição, podemos optar pela santidade e santidade está relacionada com compaixão, com misericórdia, com amor, com esse convite que Deus nos faz: "Sede santos porque Eu sou santo". Deus é amor e nisso consiste a santidade de Deus. Trata-se pois de abrir-se para o amor, dentro mesmo dessa nossa realidade de criaturas limitadas, frágeis, pecadoras, vasos de barro como diz São Paulo.

Voz 4: A santidade, portanto me é dada por Deus e me é dada agora, imediatamente: sou amado por Deus, sem condições, agora, com todas as minhas imperfeições, pecados, fraquezas, debilidades, limitações, traumas... e esse amor de Deus sem condições, me torna capaz de amar agora, de fazer o bem agora, de servir agora, de ser santo agora, apesar de minhas imperfeições e fraquezas.

Voz 5: A santidade é um combate, um afrontamento. Não é no fim da vida que se chega a santidade. Ela deve aparecer e aparece, de fato, em cada instante que passa, em cada pequeno ato de amor, de bondade, de compaixão, de abertura e acolhida do outro. Santidade não é um resultado que possa ser contabilizado, é antes uma tendência, uma superação diária, um esvaziamento progressivo de si. Santidade é um caminhar: um passo depois do outro.

Palavra da madre: 99

Reflexão

Dirigente: Madre Clélia sentiu-se profundamente tocada e atraída a trilhar o caminho da santidade. Para ela, “a santidade e a perfeição consistem em uma obra íntima e escondida, realizada no interior da alma e na profundidade da consciência, onde só Deus conhece realmente os esforços feitos, e que se conquista com a humildade e a docilidade à vontade de Deus” (Mãe e Mestra, pp. 220-221). Ela continuamente, em suas cartas, exorta à santidade indicando o caminho do escondimento, da renúncia e da consciência constante da presença de Deus.

O chamado à santidade deve inspirar o coração da Apóstola assim como impeliu a Fundadora no afã de amar o Senhor com todas as suas forças. A santidade  pode e deve ser adquirida através das pequenas coisas de todos os dias e na medida em que nos dispomos a uma conversão total. À medida em que vamos nos imbuindo dos sentimentos de Cristo a santidade, plantada em nós pelo Batismo, produz frutos e sacia a fome de esperança e de paz da humanidade.

  CANTO FINAL:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...